Notícia

Despertar 2019, congresso da Juventude Batista Brasileira

_
Um chamado à prática. Assim poderia ser resumido o Despertar 2019, congresso bianual da Juventude Batista Brasileira (JBB) realizado entre 17 e 20 de julho, na Igreja Batista Atitude, no Rio de Janeiro. Com o tema Fé, Esperança e Amor, cerca de 1,5 mil jovens de todo canto do país - e do Paraguai e Venezuela - foram inspirados a viver o Evangelho puro e simples, que causa transformação por onde passar.

 

“Quer fazer a obra? Creia Naquele que foi enviado. Precisa complicar? Não. Somente creia e vá. Fé, esperança e amor precisam queimar em nossos corações, precisa ser exercido na prática e embasado na palavra. A palavra gera em nós caminhos de Emaús, onde por meio de nossos atos as pessoas sintam arder nelas o Evangelho, o Reino e Deus, e se rendam a Ele”, pregou Pedro do Borel, no culto de abertura do Congresso.

 

Durante os três dias do encontro, os jovens se uniram em adoração a Deus por meio de cultos, aprendizado por painéis que abordaram temas relevantes e uma ação evangelística nas proximidades de onde estavam, na Barra da Tijuca-RJ.

 

Amnom Lopes, coordenador da Juventude Batista Brasileira falou sobre o Congresso e o que ele propiciou para a juventude. “O Despertar foi uma experiência maravilhosa, porque reuniu gente de todas as regiões do Brasil. E a gente trabalhou de forma firme a temática “Fé, Esperança e Amor”, tanto em uma perspectiva bíblica, principalmente bíblica, mas também numa perspectiva que leva o jovem a atuar na sociedade e a partir da sua Igreja local. Os jovens que foram para o Despertar tiveram subsídios para, retornando às suas Igrejas, as suas localidades, possam trabalhar efetivamente temáticas, assuntos e práticas. O Despertar teve esse intuito de empoderar a juventude num viés bíblico, espiritual. Já temos muitas respostas, mensagens de pessoas que voltaram inspiradas, que tiveram insights durante o Despertar, que vão poder atuar em áreas específicas da Igreja. Tivemos o feedback das juventudes estaduais, que estão muito empolgadas com o que viram. Nosso saldo positivo é esse, juventude inspirada, fortalecida, animada pra trabalhar em seus estados, cidades e Igrejas locais”, comentou o líder. Quem participou do Congresso pôde fazer parte das jornadas de conteúdo, painéis com a participação de quem já está praticando o tema do encontro - Fé, Esperança e Amor. Foram 33 painéis e mesas redondas que discutiram desde cuidado preventivo contra suicídio até o legado que a juventude deixará para as comunidades em que está inserida.

 

As jornadas ocorriam simultaneamente e em espaços diferentes, o que exigia um trabalho coordenado para guiar o público até as salas que desejavam. É aí que entra outro ponto importante do Despertar: o amor pelo servir. Cerca de 60 voluntários de todo país se inscreveram para dar informações a qualquer momento, montar estruturas, interceder pelo evento, recepcionar pessoas, e qualquer outra atividade do tipo.

 

O coordenador de Comunicação e Marketing da JBB, Sérgio Almeida, e co- -lider da área de voluntariado afirma que o corpo de voluntários foi parte essencial para o curso do evento. “Quando planejamos algo tentamos vislumbrar todas as possibilidades futuras: possíveis erros, riscos e acertos a serem alcançados e por isso precisávamos contar com os voluntários, antigos e novos. O trabalho começou há meses e foram muitas reuniões nas madrugadas, e-mails, telefonemas e outras formas de comunicação que nos ajudaram a formatar este grande evento. Foi incrível! O Despertar nos despertou”, celebra.

 

Depois do evento, Sérgio conta que várias pessoas continuaram com o desejo de servir e se voluntariaram para a área de comunicação da JBB. “Agradeço a todos pelo trabalho realizado. No fim, descobrimos que cada membro tem sua função no corpo. Somos unidos, não uniformes. Existe o dom, a responsabilidade, a obra, o galardão de cada um conforme a vontade de Deus. Que Gratidão!”, pontua. 

 

ivemos também representando a JUBAPE - Juventude do nosso estado, Lucas Valdevan, 25 anos Membro na Igreja Batista no Córrego do Jenipapo, Recife-PE, e coordenador executivo da Juventude Batista de Pernambuco (Jubape).

“Chegar nesse cargo de conselheiro da JBB eu percebo que é uma confirmação e um desafio que é colocado em minhas mãos para ainda mais direcionar um grupo, um povo ainda maior, para cumprir o propósito de Deus. Desafios a gente sabe que são inúmeros e acho que o maior deles é a gente viver a unidade, conseguir levar a juventude a viver aquilo que tá escrito em Atos, sobre a Igreja primitiva, que todos tinham um só propósito e pensamento, viviam uma só fé. Acho que essa é nossa missão como juventude: unir, juntar a galera, e despertar neles a vontade, lembrá-los daquilo que eles foram chamados, que é viver o Reino de Deus, que é de justiça, paz, alegria e espalhar a fé, esperança e amor." Afirmou.


 
 

Fotos